HOME

Sobre a falta de tempo e o sumiço...

Publicado em 31/07/2015 às 20h26

     Oi Gente, como muitos já notaram eu sumi (sim!), mas vou explicar o porquê. O semestre passado foi super conturbado para mim, a faculdade me exigiu muito mais e eu precisei iniciar um estágio obrigatório. Eu simplesmente não consigo fazer um pouco de cada atividade pela metade, ou eu faço por completo, ou simplesmente não faço mais. Fazer “meia-boca” é uma coisa que me incomoda de-mais.

     Com tudo isso, eu estava trabalhando 9 horas por dia e tendo em média 5 horas de aula, um sufoco! Eu li muito pouco, pois lia apenas em alguns intervalos. Então, cheguei a conclusão de que se eu não conseguia ler, como iria escrever aqui?

     Além de tudo isso, estava um pouco pensativa sobre como o blog estava andando. Eu estipulei uma meta de fazer posts duas ou três vezes na semana, e essa meta começou a me incomodar. Isso, porque, acredito que tenho que postar só quando der vontade, sabe. Tinham alguns livros que eu não gostaria de recomendar ou de contar como foi a experiência de lê-lo para vocês, mas eu fazia mesmo assim por causa dessa bendita meta.

      Assim, em alguns meses, o blog foi deixado de lado, ou seja, eu deixei de atualizar, pagar a hospedagem e tudo mais. Com o tempo, recebi algumas mensagens sobre meu sumiço e um e-mail da plataforma que o blog seria excluído, aí eu não resisti mais, senti que isso já fazia parte da minha vida, e geente deu tanto trabalho, pensar em tudo, criar o layout, aprender sozinha como se fazia tudo isso. Eu simplesmente não podia deixar de lado e cá estou eu. :)

     Portanto, o Fórmula da Felicidade voltou a estar ativo e eu irei escrever aqui. Eliminei essa meta e vou postar aqui quando achar interessante e quando eu sentir vontade. Irei fazer alguns posts retrospectivos do que aconteceu nesses últimos 5 meses e espero vocês aqui. Obrigada a cada um que enviou um “porque você sumiu?” e todas essas mensagens do tipo, isso fez com que eu realmente notasse que vocês me acompanhavam e que isso era importante para ser deixado de lado. Obrigada, obrigada, obrigada ♥

 

Comentários (1)

Eu me chamo Antônio - Pedro Gabriel

Publicado em 24/02/2015 às 20h46

Editora: Intrínseca

Autor: Pedro Gabriel

Número de Páginas: 192

Classificação: ♥♥♥♥♥

     Antônio é o personagem de um romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida — suas alegrias e tristezas — em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia. Antônio é perito nas artes do amor, está sempre atento aos detalhes dos encontros e desencontros do coração. Quando está apaixonado, se sente nas nuvens e nada parece ter maior importância, e, quando as coisas não saem como esperado, é capaz de enxergar nas decepções um aprendizado para seguir adiante. Do balcão do bar, onde Antônio se apoia para escrever e desenhar, ele vê tudo acontecer, observa os passantes, aceita conversas despretensiosas por aí e atrai olhares de curiosos. Caso falte alguém especial a seu lado (situação bastante comum), Antônio sempre se acomoda na companhia dos muitos chopes pela madrugada. A mente por trás de Antônio é Pedro Gabriel. Em outubro de 2012, ele inaugurou a página Eu me chamo Antônio no Facebook para compartilhar o que rabiscava com caneta hidrográfica em guardanapos nas noites em que batia ponto no Café Lamas, um dos mais tradicionais bares do Rio de Janeiro. Em seu primeiro livro, Pedro apresenta histórias vividas por seu alter ego, desde a cuidadosa aproximação da pessoa desejada, o encantamento e a paixão, até o sofrimento provocado pela ausência e a dor da perda. Os guardanapos que inspiram milhares de pessoas na internet agora estão reunidos numa caprichada edição, novo lançamento da Intrínseca.

     O que começar dizendo desse livro? Simplesmente ENCANTADOR! Vou ser sincera com vocês, peguei muitas vezes o livro do Pedro Gabriel, mas não abria para ver o que tinha dentro. E que arrependimento! Resolvi realmente ler, depois de amar a leitura de “Pó de Lua” da Clarice Freire, que é igualmente encantador e lindo (resenha aqui).

     Assim como a Clarice, o Pedro nasceu com o dom que poucas pessoas têm: o olhar sensível e observador do mundo. Ao ler cada um dos guardanapos, suspiramos e pensamos: como eu não percebi isso dessa forma?

     Eu me chamo Antônio, é um livro para carregar na bolsa e deixar na cabeceira da cama. Sempre que precisarmos de um pouquinho de reflexão ou até mesmo sair da rotina, é só ler uma página desse livro.

"Sonhe alto. O máximo que pode acontecer é você realizar um sonho à altura". Pág. 20

"Encantado, encontro você em cada canto". Pág. 36

"O amor cabe até onde não tem cabimento". Pág. 38

"É que, às vezes, precisamos perder amores para ganhar poemas". Pág. 68-69

"Eu não sou amargo. É que, às vezes, a vida rouba a nossa doçura". Pág. 104

"Um dia, a liberdade será tamanha que abriremos as nossas asas sem ferir ninguém". Pág. 126

"Seu amor é meu até certo ponto. Meu amor é seu até certo ponto. Encontrar esse ponto é encontrar esse amor e ponto". Pág. 143

    Indico esse livro para todos lerem. Mas principalmente, para aqueles que querem um pouquinho mais de arte, leveza e inspiração que o mundo do Antônio trás para as nossas vidas!

Quem também leu e se encantou pelo livro? Comentem! Beijos ♥

Comentários (2)

Lançamentos do mês de Fevereiro

Publicado em 19/02/2015 às 23h10

     Oi Gente, demorou para sair esse post de lançamentos, hein? Mas esse mês está BOM-BAN-DO de novidades e eu não poderia deixar de mostrar aqui para vocês. Vamos conferir então?

1.  Sem esperança - Classificação na wishlist: ♥♥♥♥♥

     Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar com si mesmo.

2.  Eu sou Malala – Classificação na wishlist: ♥♥♥♥

     Edição juvenil da autobiografia da mais jovem ganhadora do prêmio Nobel da Paz, cuja versão original já vendeu mais de 100 mil exemplares no Brasil.Malala Yousafzai tinha apenas dez anos quando o Talibã tomou conta do vale do Swat, onde ela vivia com os pais e os irmãos. A partir desse dia, a música virou crime; as mulheres estavam proibidas de frequentar o mercado; as meninas não deveriam ir à escola.Criada em uma região pacífica do Paquistão totalmente transformada pelo terrorismo, Malala foi ensinada a defender aquilo em que acreditava. Assim, ela lutou com todas as forças por seu direito à educação. E, em 9 de outubro de 2012, quase perdeu a vida por isso: foi atingida por um tiro na cabeça quando voltava de ônibus da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria. Hoje Malala é um grande exemplo, no mundo todo, do poder do protesto pacífico, e é a pessoa mais jovem a receber o Prêmio Nobel da Paz. Nesta versão juvenil da sua autobiografia, que virou um best-seller internacional, ouvimos da própria Malala a incrível história dessa garota que, desde muito cedo, decidiu mudar o mundo.

3. Um mais um – Classificação na wishlist: ♥♥♥♥♥

     Há dez anos, Jess Thomas ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou. Fazendo faxinas de manhã e trabalhando como garçonete em um pub à noite, Jess mal ganha o suficiente para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Jess está muito preocupada com o sensível Nicky, um adolescente gótico e mal-humorado que vive apanhando dos colegas. Já Tanzie, o pequeno prodígio da matemática, tem outro problema: ela acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas como eles farão para chegar lá? Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de veraneio por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista. Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, mas principalmente para escapar da pressão dos advogados, da ex-mulher e da irmã — que insiste em que ele vá visitar o pai doente —, Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio. Começa então uma viagem repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. A situação perfeita para o início de uma história de amor entre uma mãe solteira falida e um geek milionário. 

 4.  Quase uma Rockstar –  Classificação na wishlist: ♥♥♥♥♥

     Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber Appleton, a mãe e o cachorro moram em um ônibus escolar. Aos dezessete anos e no segundo ano do ensino médio, Amber se autoproclama princesa da esperança e é dona de um otimismo incansável, mas quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, ela não consegue mais enxergar a vida com os mesmos olhos. Será que no meio de tanta tristeza e sofrimento Amber vai recuperar a fé na vida? Com personagens cativantes e uma protagonista apaixonante, Matthew Quick constrói de forma encantadora um universo de risadas, lealdade e esperança conquistada a duras penas.

 5.  Objetos cortantes - Classificação na wishlist: ♥♥♥♥

     Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida. Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas. 

6.  Um ano na selva – Classificação na wishlist: ♥♥♥♥♥

     Uma garotinha brincalhona, cercada de irmãos, pais amigos e atenciosos. Eis a pequena Suzy e sua família feliz. Contudo, quando seu pai é chamado para guerra numa selva distante, ela tem que lidar não só com a saudade, como também com a ansiedade, o medo, a insegurança e o iminente sentimento de perda. É assim, com delicadeza e o olhar lúdico de uma criança, que Suzanne Collins, autora da trilogia Jogos Vorazes, fenômeno da literatura jovem, narra (e recria) em Um ano na selva a experiência vivida por ela quando, aos seis anos, viu seu pai deixá-la para lutar na Guerra do Vietnã. Premiado e aclamado pela crítica internacional, com direitos de publicação vendidos para mais de dez países, o relato autobiográfico conta com os traços bem-humorados do prestigiado ilustrador infantil James Proimos, amigo a quem Collins dedicou seus “jogos vorazes”. Seus desenhos vão ao encontro da leveza com que a escritora aborda o árido e tortuoso tema da guerra, cujas marcas indeléveis podem determinar o destino de toda uma família. 

7.  Brutal - Classificação na wishlist: ♥♥♥♥♥

     O que levaria alguém a golpear outra pessoa na cabeça e, na sequência, esfaqueá-la 77 vezes?  O garoto de programa Daniel Graydon jamais imaginaria que encontraria tamanha perversão nos clientes com quem saía. Mas viu seu fim se aproximar ao ir contra sua regra de ouro: nunca levar os homens para casa. Seu parceiro sexual e algoz, porém, tinha algo de sedutor e era difícil recusar a proposta de uma noite regada a sexo, e muito bem paga. Daniel tornara-se apenas uma das vítimas de um personagem sombrio, cuja pulsão pela morte o levava a matar com regularidade e método. Cada morte representando um passo adiante no aperfeiçoamento da macabra arte de tirar vidas: cruel, dolorosa, limpa e sem pistas. Um desafio para a polícia de Londres e sua divisão de Crimes Graves do Grupo Sul, liderada pelo atormentado detetive-investigador Sean Corrigan. Brutal é o primeiro thriller policial de Luke Delaney, que serviu por muitos anos na polícia londrina investigando crimes diversos, dos cometidos por assassinos em série aos resultados de conflitos entre gangues e máfias.

 8.  Percy Jackson e os Deuses Gregos - Classificação na wishlist: ♥♥♥♥♥

     Alguém poderia contar as histórias de origem dos deuses do Olimpo melhor do que um semideus dos tempos modernos? Percy Jackson oferece uma visão privilegiada com abundância de tudo nesta coleção ilustrada.

 9.  Amor ao pé da letra – Classificação na wishlist: ♥♥♥♥♥

Achar o homem perfeito não é fácil e foi isso que a agente literária Melissa Pimentel, assim como sua personagem, Lauren, descobriu quando se mudou para Londres de um dia para o outro. Infelizmente, Melissa logo viu que conquistar um homem era mais difícil do que parecia, mesmo quando ela jurava não querer nada sério. Foi aí que surgiu a solução: decidiu seguir os conselhos dos mais populares livros de autoajuda para conquistar homens e criou um blog para narrar suas experiências. Nasceram daí os encontros de Lauren, que em Amor ao pé da letra, receberam toques de ficção, como uma legítima comédia romântica. 

Outros lançamentos:

Então, quais são os livros mais esperados por vocês? Comentem!

Beijos ♥

Comentários (4)

Maratona Literária de Carnaval

Publicado em 13/02/2015 às 06h53

Oi Gente, alguém aí vai participar da Maratona Literária de Carnaval? No vídeo eu falo das minhas metas. Vamos ver?

Quem gostou do vídeo não esquece de clicar em "gostei" e quem não é inscrito no canal se inscreva aquiBeijos ♥

Comentários (2)

VLOG: Sebos e Redenção Porto Alegre

Publicado em 11/02/2015 às 12h49

Oi Gente, gravei o primeiro VLOG do canal e nem tudo saiu como o esperado, mas esse foi mais um teste para quando eu for em algum evento literário. Eu adorei o resultado e a experiência. Vamos assistir então?

 

O que vocês acharam? Gravo mais ou não? 

Quem gostou do vídeo não esquece de clicar em "gostei" e quem não é inscrito no canal se inscreva aqui!

Beijos ♥

Comentários (2)

Book Haul: Mês de Janeiro

Publicado em 07/02/2015 às 18h05

Oi Gente, mais um vídeo de Book Haul indo ao ar. Vamos ver o que eu recebi/ganhei no mês de janeiro?

 

Livros citados no vídeo:

Sociedade Secreta - Volume 2 - Sob a rosa
Zumbis vs Unicórnios
O Portal de Magmund
Contos da Seleção
Cidades de Papel
O Teorema Katherine

Quem gostou do vídeo não esquece de clicar em "gostei" e quem não é inscrito no canal se inscreva aqui!

Beijos ♥

Comentários (2)

Insurgente (Divergente #2) - Veronica Roth

Publicado em 02/02/2015 às 18h34

Editora: Rocco

Autora: Veronica Roth

Número de Páginas: 512

Classificação: ♥♥♥♥♥

Onde comprar: Amazon / Submarino / Saraiva

Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama - e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor. 

     Após passar por uma simulação que praticamente a destruiu por dentro, Tris precisa agora encarar seus piores medos, proteger aqueles que ama e ainda suportar a revolução que está prestes a acontecer.

    Sou completamente suspeita em falar dos segundos livros de trilogias distópicas, em Jogos Vorazes, o meu favorito foi “Em Chamas” e tenho quase certeza de que com Divergente, o meu favorito será esse (isso, pois ainda não acabei Convergente).

   Esse livro me deixou literalmente sem fôlego! É um livro cheio de adrenalina, que nos surpreende a cada capítulo e deixa qualquer leitor com os nervos a flor da pele. Em alguns momentos, a Tris me irritou um pouco, mas eu acho que isso acontece em qualquer segundo livro de trilogia, pois são livros de transição e os personagens ficam um pouco perdidos no meio do que está acontecendo.

    Com o aparecimento da mãe de Tobias (Quatro), e com as descobertas de alguns segredos, o romance deles sofre muito com isso. E o que eu achei melhor disso tudo, é que o enfoque do livro não ficou só no romance dos dois, mas focou (e muito) nos problemas sociais da revolução. Assim também ficou visível o amadurecimento dos dois personagens, o que eu gostei bastante.

    Nesse livro, Tris está empenhada em buscar uma informação que está com a Erudição e que custou muitas vidas importantes para ela. Em alguns momentos, ela é muito inconsequente para buscar isso e é justamente isso que é bem irritante, mas ficamos muito curiosos em saber o que é essa informação nos prende demais. E geeente, quando acaba ficamos boquiabertos e sem ar, de verdade. Essa informação e arrasadora e muda tudo para o próximo livro.

Se eu indiquei Divergente para vocês. Será que eu indico esse? Óbvio!

“Sinto saudade da maneira como meus passos ecoavam no complexo da Audácia. Sinto saudade do ar frio do subterrâneo. Mas, mais do que tudo, sinto saudades dos medos que senti nas últimas semanas, tão pequenos quando comparados aos de agora”. Pág. 25

“Quando a batalha finalmente termina, minhas roupas estão mais coloridas de tinta do que pretas. Decido guardar a camisa, para me lembrar do motivo original que me levou a escolher a Audácia: não foi por eles serem perfeitos, mas porque estão vivos. Porque são livres”. Pág. 279

     Quem já leu esse livro, o que achou? E quem ainda não leu e está com muita expectativa? Comentem!

Beijos ♥

Comentários (1)

show normalcase tsN left fwR|show tsN fwR center|left fwR show|b04 bsd|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB|c10 fwB|login news normalcase uppercase fwR|tsN normalcase uppercase fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||