A NOSTALGIA DE LER HARRY POTTER MAIS UMA VEZ

Publicado em 13/12/2016 às 20h32

                Quando saiu a notícia de que seria publicado o oitavo livro da série, senti um misto de empolgação e medo. Empolgação porque quando a gente gosta muito de uma série, sempre quer ter um pouquinho mais, não é mesmo? Mas confesso que senti medo sim. Isso porque a J.K. sempre foi muito decidida sobre o tempo de parar, tanto que enquanto ela terminava de escrever “A Pedra Filosofal”, o final de “Relíquias da Morte” estava pronto e ela sabia que seriam 7 livros.

                Como as editoras sempre querem lucrar mais um pouquinho, as séries acabam se estendendo mais e, com isso, muitas vezes a decepção acompanha os pobres leitores. Aconteceu isso com: Jogos Vorazes, Divergente e por aí vai. Então pensei: “Por favor, não estraguem minha paixão por essa série”. Por isso, não fiquei tão eufórica e nem fui aos eventos de lançamento.

                Até que me deparei com o livro exposto na Feira do Livro de Porto Alegre e decidi que tinha chegado a hora, comprei em capa dura como uma boa fã, mas com aquele medinho ressoando dentro de mim. Devorei o livro em dois dias e só pude pensar no quanto a J.K. é maravilhosa! Instantaneamente me arrependi de ter pensado que ela poderia me decepcionar. Acredito, no entanto, que só tive essa sensação por não ter esperado tanto do livro, para mim era previsível que ele não seria à altura de todos os outros da saga. Falo isso, pois li muitas resenhas negativas e fãs decepcionados por aí. Também percebi algumas "brechinhas" na história, mas considerei aceitável já que o livro foi escrito por três pessoas e não só pela J.K. (que diga-se de passagem é super cuidadosa pra deixar a história redonda).

                Então, “Harry Potter e a criança amaldiçoada” é um livro diferente de todos os outros. Em sua essência é na realidade uma peça de teatro que está em cartaz no Reino Unido. O que eu considerei incrível nela é que podemos ter uma visão mais ampla de todo o cenário da história, já que nos outros nós a temos apenas pela visão do Harry. E, por fim, posso dizer que mais uma vez fui surpreendida pelo quanto esse genial mundo criado pela J.K. pode ser expansível e absolutamente mágico, além de mais do que merecer o título de a maior saga de todos os tempos.

                E vocês que leram? O que acharam do livro? Comentem! ⚯͛ ϟ❾¾♥

Comentários

Luaiha em 27/03/2017 10:15:39
Estou louca para ler o meu. Amei a resenha!

Enviar comentário

voltar para HOME

show normalcase tsN left fwR|show tsN fwR center|left fwR show|b04 bsd|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB|c10 fwB|login news normalcase uppercase fwR|tsN normalcase uppercase fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||