Carta de Amor aos Mortos - Ava Dellaira

Publicado em 11/09/2014 às 11h42

Editora: Seguinte

Autora: Ava Dellaira

Número de Páginas: 344

Classificação: ♥♥♥♥♥

Onde comprar: Submarino / Saraiva / Cultura

Alguns segredos só conseguimos contar aos nossos maiores ídolos. Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.

     Após a perda de May, sua irmã mais velha, chega a hora de Laurel entrar no Ensino Médio, e a primeira tarefa que ela precisa fazer para a escola é bem desafiadora: escrever uma carta para alguém que já morreu. Alguns podem pensar que seria óbvio que Laurel escreveria para a sua irmã, mas não, ela decide escrever para Kurt Cobain, pois ele era o maior ídolo de sua irmã; para Judy Garland, pois sua mãe desejava ser atriz como ela; para Elizabeth Bishop, pois ama os seus poemas e entre outras pessoas que já se foram e a inspiram muito.

    Nessas cartas, Laurel conta a história da vida dela, conta como está sendo sua adaptação na escola nova, sobre suas novas amizades, seu primeiro amor e até mesmo seus segredos. Lendo essas cartas podemos sentir tudo que a Laurel sentiu, a autora conseguiu transparecer muito bem todos os sentimentos que temos quando perdemos alguém tão especial, como: dor, raiva por a pessoa ter morrido, culpa por ter deixado acontecer, transtorno sobre como levar a vida em frente, saudade e todo o amor que sentimos por aquela pessoa.

    Quando fiquei sabendo do lançamento do livro e até o momento em que eu comprei realmente, achei que fosse apenas a história de uma garotinha comum. Mas gente, vai muito além de tudo que podemos imaginar. Quando sabemos todas as dificuldades que a Laurel passou e o quanto ela ama a irmã vimos o verdadeiro sentido da perda, e o quanto ela pode ser muito mais devastadora. A May era encantadora, linda, e sempre aonde ia iluminava o lugar e o enchia de alegria, mas ela não era perfeita, tinha seus erros. Só que com a Laurel, na infância, ela criou um mundo mágico para as duas e foi muito difícil simplesmente perder tudo isso, além de perder a irmã.

     O mais incrível no livro, é poder ver o amadurecimento da Laurel no decorrer que ela escreve as cartas. E o quanto ela tenta entender a morte da irmã através da morte dessas pessoas que foram tão amadas aqui na Terra.

     Eu recomendo esse livro para aquelas pessoas que gostam de uma história emocionante. Para quem quer ler um livro não simplesmente para passar o tempo, mas para ter uma lição para a vida. Para aqueles que já perderam alguém especial, vai ser ainda mais contagiante a história, pois quando perdemos alguém nem nós sabemos o que estamos sentindo naquela hora, mas lendo esse livro podemos perceber esses sentimentos, sabemos quando a Laurel está perdida, transtornada, culpada, podemos ver esse processo todo de uma outra perspectiva, o que de alguma forma nos amadurece também.

Quotes:

“Então tudo ficou em câmera lenta. Nossos olhares se encontraram por um instante, antes que o meu se desviasse. Parecia que vaga-lumes brilhavam sob minha pele. E, quando olhei de novo, Sky ainda estava me encarando. Os olhos dele eram como a sua voz, Kurt – uma chave que abria algo em mim”. Para Kurt Cobain, Pág. 14

“Quando o filme acabou, minha irmã declarou que estava apaixonada por você. Ela queria saber como você tinha crescido, então ligamos o computador, e May fez uma pesquisa. Havia tantas fotos suas,...Em todas, você parecia vulnerável e durão. E então ela viu que você tinha morrido. De overdose. Com apenas vinte e três anos. Foi como se o mundo tivesse parado. Você estava ali, quase na sala com a gente. Mas não estava mais vivo”. Para River Phoenix, Pág. 22-23.

“Você usava roupas como se fossem uma armadura, mas, nas músicas, se abria totalmente. Estava disposta a se expor sem se importar com o que as pessoas pensavam. Eu gostaria de ser assim”. Para Amy Winehouse, Pág. 69.

“”Se as portas da percepção se desvelassem, cada coisa apareceria ao homem como é, infinita”. Tenho pensado nisso. No que significa ver a infinidade de cada momento, de cada parte. Quero ser purificada, quero queimar todas as lembranças ruins. E talvez a paixão faça isso. Que uma vida, uma pessoa, um momento que você precisa manter, fique com você até a eternidade. May sorrindo para mim. Nós duas, pequenas, no festival de outono, enquanto nossos pais dançavam. Sua música tocando. As folhas à noite, refletindo luzes brancas. E cada pequena estrela que brilha mais quente que imaginamos”. Para Jim Morrison, Pág. 136.

Alguém também já leu esse livro? O que vocês acharam? E quem não leu, está com muita expectativa? Comentem, beijos ♥

 

 

Tags: Ava Dellaira, Editora Seguinte

Comentários

Aline Praça em 18/09/2014 09:19:04
Oi Laisa,

Estou lendo no momento exatamente este livro!
Estou gostando tb, o que mais me motiva a terminar é a curiosidade do que realmente aconteceu com a irmã.

Adorei a resenha.

Bjos!!

www.leituravipblog.com
Clube das 6 em 15/09/2014 09:55:06
Quero MUITO ler esse livro! Pela história e principalmente pela capa!

Fiquei só um pouco confusa nessa parte: pois ele era o maior ídolo de sua irmã; para Judy Garland, pois sua mãe desejava ser atriz como ela; para Elizabeth Bishop,

Adorei o blog, adorei a resenha!

Beijinhos
Gio - Clube das 6
www.clubedas6.com.br
Luaiha em 13/09/2014 21:28:38
Estou louca para ler esse livro. Agora fiquei ainda mais com vontade rsrs
Beijos
Cantinho da bruna em 13/09/2014 13:25:24
Oie,
Nossa que perfeito *--*
Pela sua resenha consegui sentir o quanto esse é maravilhoso!
Sempre achei a capa bem bonita, mas não imaginava que dentro dele haveria uma história assim tão profunda. estou louca pra ler!
Nossa eu preciso desse livro!!
Beijos lindona!
Leilah Nogueira em 11/09/2014 17:27:23
Olá Laisa, boa tarde :D
Acho incrível como cada resenha que leio desse livro me deixa com ainda mais vontade de lê-lo. Parece ser um daqueles livros que você PRECISA ler, que é tão bom que não pode ser deixado de lado. E sua resenha foi uma das que mais me deixou com vontade de ler, ficou realmente bem completa. Agora é só meu bolso me ajudar, para eu conseguir comprar, hehe.
Beijos e ótima semana :D

http://confissoesdeumleitor.wordpress.com/

Enviar comentário

voltar para HOME

show normalcase tsN left fwR|show tsN fwR center|left fwR show|b04 bsd|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB|c10 fwB|login news normalcase uppercase fwR|tsN normalcase uppercase fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||