Como eu era antes de você: opinião sobre o filme

Publicado por Laisa Helena em 19/06/2016 às 17h16

Distribuidor: Warner Bros.

Direção: Thea Sharrock

Duração: 1h50min

Classificação: ♥♥♥♥♥

Rico e bem sucedido, Will (Sam Claflin) leva uma vida repleta de conquistas, viagens e esportes radicais até ser atingido por uma moto, ao atravessar a rua em um dia chuvoso. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a permanecer em uma cadeira de rodas. A situação o torna depressivo e extremamente cínico, para a preocupação de seus pais (Janet McTeer e Charles Dance). É neste contexto que Louisa Clark (Emilia Clarke) é contratada para cuidar de Will. De origem modesta, com dificuldades financeiras e sem grandes aspirações na vida, ela faz o possível para melhorar o estado de espírito de Will e, aos poucos, acaba se envolvendo com ele.

Li o livro em 2014, por isso, foram dois anos de grande espera. Acompanhei cada divulgação de ator para o elenco, cada mudança de data de estreia (e foram muitas!), cada trailer novo que era divulgado e admito que chorei em todas as vezes em que assisti (haha).

Como eu falei na resenha do livro (vocês podem ler aqui), essa história ganhou o meu coração por todas as mensagens de vida que o Will fez a Lou começar a acreditar. Eu amei tanto isso, pois acredito que uma pessoa entra na vida da outra justamente para mostrar algo que a outra não veria se estivesse sozinha.

Por isso, a Lou foi um presente para a vida de Will e ele para a vida dela. Todo o aprendizado e amor entre eles foi mútuo, sincero e lindo. E ter visto isso no cinema, com esses atores (Sam Claflin e Emilia Clarke) foi algo que ganhou o meu coração por inteiro. Eu já tinha amado essa escolha desde o início, e mesmo se a atuação não fosse boa, eu iria gostar, pois amo esses dois. Mas eles superaram todas as minhas expectativas e foram brilhantes. Eu estava vendo o Will e a Lou ali na telona, com todos os mínimos detalhes das suas personalidades e dos seus jeitos de ser.

A Jojo Moyes ter sido a roteirista desse filme, foi sensacional. O filme está muito fiel ao livro. Alguns acontecimentos ficaram de fora ou foram mudados e apenas de um eu senti falta (o momento da tatuagem, quem leu irá entender), mas isso não foi capaz de estragar o todo que foi essa produção em todas as ótimas escolhas (músicas, cenários, figurinos).

Além de tudo isso, algo foi arrebatador nessa estreia: eu senti absolutamente todos os sentimentos que tive lendo o livro: ri alto, chorei litros e me encantei demais, demais.

Para finalizar: não se deixem contaminar por algumas opiniões medíocres da crítica, que estão levando em consideração somente a obra do filme ou o sucesso que está dando ao livro agora. Leiam o livro e assistam ao filme de coração aberto! Vocês irão amar, essa é uma das histórias mais lindas que eu já li/assisti.

 

Trailer do filme: 

"Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”

“Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida.

Vocês que leram acharam fiel? Superou as expectativas de vocês? E quem não assistiu ainda está muito ansioso(a)? Comentem, quero saber a opinião de vocês!

Beijos ♥

Enviar comentário

voltar para HOME

show normalcase tsN left fwR|show tsN fwR center|left fwR show|b04 bsd|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB|c10 fwB|login news normalcase uppercase fwR|tsN normalcase uppercase fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||