Método de organização: Bullet Journal

Publicado em 22/05/2016 às 10h13

     Esse ano, decidi que não iria comprar aquelas tradicionais agendas. Cheguei à conclusão de que comprava uma para o ano, mas chegava em maio e eu não escrevia mais nada, simplesmente desistia. Vendo isso acontecer ano após ano, resolvi procurar outro método de organização, isso porque, todas as páginas que ficavam em branco na agenda iam me desestimulando a continuar me organizando por ela.

     Nessa procura, encontrei em fevereiro, um método de organização chamado Bullet Journal. Fiz inúmeras pesquisas (deixarei todos links no final desse post) e percebi que esse era o método que mais se aproximava do ideal para mim.

     Sempre fui louca por métodos de organização e itens de papelaria. Incrivelmente, o Bullet Journal unia essas duas paixões e eu fiquei muito animada para pôr as mãos à obra. Comprei um caderno quadriculado, já que os “Bullets” são como quadradinhos que nós colocamos antes de uma tarefa para depois preenchê-lo de acordo com o que fizemos.

     No início parece ser complicado, mas depois você se acostuma e tudo segue de forma bem prática. Então para explicar melhor, seguem as fotos:

     Primeiro eu fiz a página da legenda, em que marco no “Bullet” se a tarefa foi executada/completada, transferida, iniciada, se envolve gastos, se tem data limite e etc.

     Após a legenda, vem uma das minhas páginas favoritas do meu Bullet Journal. É a parte do “LEVEL 10 LIFE”. Nessa página, coloquei uma espécie de gráfico. Esse gráfico, estão 10 divisões da minha vida: família e amigos; desenvolvimento pessoal; espiritualidade; finanças; carreira; namoro; diversão, recreação e hobbies; doação e contribuição; ambiente físico; saúde e bem estar. Todos essas divisões também são divididas em 10 níveis e assim tive que graduar de acordo com o nível que eu considerava que cada uma estava.

     Na página seguinte, estão descritas detalhadamente cada divisão e o que eu irei fazer para atingir o nível 10 em cada uma delas. Decidi que nos primeiros seis meses irei tentar melhorar um pouco de cada aspecto. Portanto, como iniciei em fevereiro, irei rever esse nível em agosto e graduar eles novamente. Se não der certo tentar melhorar de cada parte um pouco, irei escolher de 3 em 3 para melhorar 3 por mês e assim eu irei adaptando com o que eu achar que funciona melhor para mim. Sem pressa, afinal a vida não é uma corrida :)

     E durante esses meses iniciais, já está funcionando bastante voltar nessas páginas para ver o que posso fazer para viver melhor :)

     Fiz também uma página para wish list, afinal quem nunca está colocando alguma coisinha na wish list, não é mesmo? :P

     Após a wish list, vem a página de horário semanal. Sempre fiz essa tabela organizando a minha semana. Então foi só colocá-la dessa vez no Bullet Journal.

         Por fim, vem a parte de planejamento diário. Existem várias ideias do que colocar em cada dia. Eu decidi colocar o dia do mês e da semana, a previsão do tempo e as minhas tarefas. Não teria tempo de fazer mais do que isso.

     Nesses primeiros dois meses e meio, posso dizer que o Bullet Journal foi a melhor experiência de método de organização que experimentei até hoje. Isso porque, não ficam aquelas páginas em branco na agenda (mostrando que não fiz nada de útil haha) e também porque tenho um ótimo controle do quanto o dia foi produtivo ou não. Sem contar que eu posso soltar um pouco da imaginação e da criatividade e fazer de um simples caderno, algo com a minha cara.

     Super recomendo para quem está buscando algo para organizar a rotina e a vida! E me contem, vocês gostaram do método? Se tiverem alguma dúvida sobre como fazer, deixem nos comentários! Beijos ♥

      Links que me ajudaram e inspiraram: Level 10 / Tasks / YouTube

Comentários

Babi Lorentz em 30/05/2016 13:17:48
Se tem uma coisa pela qual estou apaixonada desde o início deste ano é pelo meu bullet journal. Também tinha todo um problema pra me organizar e acabei encontrando no BuJo uma forma ótima pra me manter em dia comigo mesma.
Eu uso um caderno comum, com linhas comuns e com espiral. Não é o que dizem de ideal pro BuJo, mas eu não tinha dinheiro pra comprar um moleskine do jeito que eu queria (daqueles pontados), então acabei pegando um caderno que tinha em casa e começando por ele mesmo, caso contrário, jamais iniciaria. Deu certo!
Adorei a ideia do Level 10, ainda não conhecia.
Beijo!
Babi - www.juhclaro.com/author/babs

Enviar comentário

voltar para HOME

show normalcase tsN left fwR|show tsN fwR center|left fwR show|b04 bsd|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB|c10 fwB|login news normalcase uppercase fwR|tsN normalcase uppercase fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||